i

Candidaturas abertas 2020/2021

Consulte a nossa oferta formativa e faça já a sua candidatura. Saiba mais

Cursos Avançados de Estudos Regionais

Print

Embora com grande tradição na Universidade Autónoma de Lisboa (UAL) – Departamento de Relações Internacionais – e também no Instituto da Defesa Nacional (IDN), os estudos de área ou regionais (regional studies) têm pouco desenvolvimento em Portugal.

Deste modo, a UAL e o IDN promovem, em parceria, um conjunto de cinco Cursos Avançados de Estudos Regionais para todos os interessados, incluindo não licenciados, em conhecer ou aprofundar conhecimentos sobre as seguintes regiões:

Eurásia ++ Médio Oriente e Magrebe ++ África Subsariana ++ Ásia-Pacífico ++ América Latina.

Os Cursos são inteiramente autónomos, podendo os candidatos frequentar apenas um, vários ou todos.

A formação decorre na UAL, de março a junho de 2020, num dia de semana, entre as 18h30 e as 22h00.

O IDN acolhe, ainda, outras aulas abertas e os alunos poderão participar em conferências temáticas organizadas pelo IDN e/ou pela UAL.

  • Estudantes dos vários ciclos do Ensino Superior, nomeadamente das áreas das Relações Internacionais, Ciência Política, História, Sociologia, Geografia, Economia, Ciências da Comunicação e Estudos Africanos
  • Elementos das Forças Armadas e das Forças e Serviços de Segurança
  • Quadros da Administração Pública, designadamente do Ministério dos Negócios Estrangeiros, do Ministério da Defesa Nacional, do Ministério da Administração Interna e do Ministério da Economia
  • Quadros e técnicos superiores de Câmaras Municipais
  • Empresas orientadas para a internacionalização, consultoria e análise de risco
  • Jornalistas.

O Departamento de Relações Internacionais da Universidade Autónoma de Lisboa (UAL) e o Instituto da Defesa Nacional (IDN) promovem, em parceria, o Cursos Avançado de Estudos sobre a EURÁSIA.

Reunindo um reputado grupo de especialistas, este curso tem por OBJETIVOS:

  • Proporcionar informação e reflexão sobre a evolução histórica e as dinâmicas atuais, na vasta área que vai da Europa Oriental à Ásia Central, designadamente no Espaço Pós-Soviético
  • Perceber o potencial e os fatores de risco na Eurásia e caracterizar a situação política, económica e sócio-cultural dos povos e países da região, bem como os interesses e as estratégias dos atores residentes mais relevantes, com destaque para a Rússia
  • Promover a análise profunda dos vetores, que influenciam os comportamentos e as interações competitivas e cooperativas na Eurásia, em particular, envolvendo a Rússia, UE, EUA, NATO, Turquia e China.

PROFESSOR RESPONSÁVEL: Professora Doutora Ana Isabel Xavier

PROFESSORES CONVIDADOS

Armando Marques Guedes (FD-UNL)
Daniel Pommier Vincelli (Sapienza di Roma)
Gabriele Natalizia (Sapienza di Roma)
Huseyin Bagci (METU – Turquia)
Licínia Simão (FEUC)
Luís Tomé (UAL)
Marcos Farias Ferreira (ISCSP)
Maria Raquel Freire (FEUC)
Patrícia Daenhardt (IDN)
Sónia Sénica (IPRI)
Vanda Amaro Dias (FLUC, CES-UC)

CALENDÁRIO: 13 de Abril a 6 de Julho de 2020

DURAÇÃO: 50 horas / 6 ECTS

HORÁRIO: 2ª Feiras das 18h30 às 22h00

PLANO CURRICULAR

  • Delimitação e conceptualização da Eurásia e sub-regiões: Báltico, Europa Oriental, Bacia do Mar Negro, Cáucaso, Bacia do Cáspio e Ásia Central
  • Evolução Histórica: Rússia e Império Russo; Eurásia e I Guerra Mundial; a União Soviética e a II Guerra Mundial; aEurásia no período de Guerra Fria e aimplosão da URSS
  • Caracterização da Eurásia na atualidade: regimes políticos; situação económica; recursos energéticos, infraestruturas e rotas; agenda de segurança e fatores de instabilidade; os “conflitos congelados”.
  • Federação Russa: geografia e demografia; liderança política e “Putinismo”; dimensão económica e energia; poder militar e geoestratégia; política externa e de segurança.
  • Outros atores e interações na Eurásia: interesses e políticas regionais de Turquia, UE, EUA, NATO e China; atores não estatais; as organizações regionais; vetores de competição e de cooperação na Eurásia.

O Departamento de Relações Internacionais da Universidade Autónoma de Lisboa (UAL) e o Instituto da Defesa Nacional (IDN) promovem, em parceria, o Curso Avançado de Estudos sobre a ÁFRICA SUBSARIANA.

Reunindo um reputado grupo de especialistas, este curso tem por OBJETIVOS:

  • Compreender as especificidades teóricas e conceptuais na investigação das dinâmicas políticas na África Subsariana
  • Adquirir uma compreensão histórica das dinâmicas políticas, económicas e socioculturais atuais
  • Ganhar um entendimento sobre a atuação no continente dos principais atores Africanos e atores internacionais
  • Entender as dinâmicas políticas na sua dimensão sub-regional (África Subsariana Ocidental, Oriental, Central e Austral).

PROFESSOR RESPONSÁVEL: Prof. Doutor Ricardo Sousa

PROFESSORES CONVIDADOS

Ana Lúcia Sá (ISCTE-IUL)
Carlos Sangreman (ISEG-UL)
Jara Cuadrado (Universidade de Valladolid)
Luís Moita (UAL)

CALENDÁRIO: 14 de Abril a 7 de Julho de 2020

HORÁRIO: 3ª Feiras das 18h30 às 22h00

PLANO CURRICULAR

  • O Estado Africano no período pré-colonial, colonial e pós-colonial
  • O processo de descolonização
  • Dinâmicas durante a Guerra Fria
  • Alterações da posição de África no pós-Guerra Fria
  • Os conflitos em África
  • Dinâmicas não estatais e transnacionalismo
  • A terceira vaga de democratização e o projeto liberal
  • Teoria do desenvolvimento e África
  • A guerra ao terror
  • Atores externos e África: ex-colonizadores, grandes potências e potências emergentes
  • Política externa regional e hegemonia regional

CONFERENCIAS TEMÁTICAS

12 de Maio – 18:30

Gestão e prevenção de conflitos. Experiências da CEDEAO como um ator regional
Jara Cuadrado (Universidade de Valladolid)

7 de Julho – 18:30

O papel da cooperação para o desenvolvimento para o desenvolvimento africano
Carlos Sangreman (ISEG-UL)

 

O Departamento de Relações Internacionais da Universidade Autónoma de Lisboa (UAL) e o Instituto da Defesa Nacional (IDN) promovem, em parceria, o Curso Avançado de Estudos sobre a ÁSIA-PACÍFICO.

Reunindo um reputado grupo de especialistas, este curso tem por OBJETIVOS:

  • Proporcionar informação e reflexão sobre a evolução histórica e as dinâmicas atuais na vasta área da Ásia-Pacífico
  • Perceber o potencial e os fatores de risco na Ásia-Pacífico e caracterizar a situação política, económica e sócio-cultural dos povos e países da região, bem como os interesses e as estratégias dos atores residentes mais relevantes, com destaque para a China, a Índia, o Japão e a ASEAN
  • Promover a análise profunda dos vetores, que influenciam os comportamentos e as interações competitivas e cooperativas na região, bem como as políticas e relações da UE, dos EUA e da Rússia na direção da Ásia-Pacífico.

PROFESSOR RESPONSÁVEL: Prof. Doutor Luís Tomé

PROFESSORES CONVIDADOS

Álvaro Rosa (ISCTE)
Carlos Gaspar (IDN)
Cátia Miriam Costa (ISCTE)
Daniel Cardoso (UAL)
Jorge Tavares da Silva (Universidade de Aveiro)
Luís Cunha (IDN)
Mark Beeson (The University of Western Australia, Austrália)
Miguel Santos Neves (UAL)
Paulo Duarte (Univ. Lusófona do Porto e U. Minho)
Robert Sutter (George Washington University, USA)
Sung-Jo Park (Free University Berlin)
Outros a confirmar

CALENDÁRIO: 15 de Abril a 8 de Julho de 2020

DURAÇÃO: 50 horas / 6 ECTS

HORÁRIO: 4ª Feiras das 18h30 às 22h00

PLANO CURRICULAR

  • Delimitação e conceptualização da Ásia-Pacífico e sub-regiões: Ásia do Sul, Nordeste Asiático, Sudeste Asiático e Oceania .
  • Legado Histórico: a expansão do confucionismo, do hinduísmo e do islamismo; dos impérios indianos e chineses à era colonial e à expansão japonesa; a Guerra do Pacífico; descolonização e Guerra Fria na Ásia-Pacífico
  • Caracterização da Ásia-Pacífico na atualidade: regimes políticos; situação económica; agenda de segurança e factores de instabilidade; multilateralismo e regionalismo
  • Principais Atores: interesses, potencial e políticas: China, Japão, ASEAN, Coreia do Norte, Coreia do Sul, Índia, Paquistão e Austrália. As políticas e relações de EUA, Rússia e UE na direção da Ásia-Pacífico
  • Quadro de interações e sistema internacional: vetores e fatores de competição e de cooperação, bilateral e multilateral; eixos, parcerias e alinhamentos estratégicos; características e tendências do sistema internacional da Ásia-Pacífico.

O Departamento de Relações Internacionais da Universidade Autónoma de Lisboa (UAL) e o Instituto da Defesa Nacional (IDN) promovem, em parceria, o Cursos Avançado de Estudos sobre o MÉDIO ORIENTE E MAGREBE.

Reunindo um reputado grupo de especialistas, este curso tem por OBJETIVOS:

  • Proporcionar informação e reflexão sobre a evolução histórica e política da Região do Médio Oriente e Magrebe, através de instrumentos de análise teórico-práticos que exploremas especificidades teóricas e conceptuais na investigação das dinâmicas políticas, económicas e socioculturais da região
  • Perceber o potencial e os fatores de risco na região do Médio Oriente e Magrebe e caracterizar a situação política, económica e sociocultural dos povos e países da região, bem como os interesses e as estratégias dos atores regionais e internacionais mais relevantes e o envolvimento externo e impacto regional dos conflitos na região
  • Promover a análise profunda dos vetores, que influenciam os comportamentos e as interações competitivas e cooperativas na região do Médio Oriente e Magrebe, refletindo sobre conceitos e teorias, que ajudam a perceber as dinâmicas internas e externas da região do Médio Oriente e Magrebe.

PROFESSOR RESPONSÁVEL: Prof. Doutor Luís Moita e Mestre Paula Pereira

PROFESSORES CONVIDADOS

Ana Santos Pinto
Ângelo Correia
António Costa e Silva
Felipe Pathé Duarte
Nuno Lemos Pires

CALENDÁRIO: 16 de Abril a 9 de Julho de 2020

DURAÇÃO: 50 horas / 6 ECTS

HORÁRIO: 5ª Feiras das 18h30 às 22h00

PLANO CURRICULAR

  • Delimitação e conceptualização da região do Médio Oriente e Magrebe: a importância do fator geográfico na leitura geopolítica e geoestratégia da região
  • Caracterização da região do Médio Oriente e Magrebe: regimes políticos; situação económica; agenda de segurança e factores de instabilidade; multilateralismo e regionalismo; fatores identitários e ideológicos
  • Atores, interesses e políticas (tradicionais e emergentes): vetores e fatores de competição e de cooperação, bilateral e multilateral; eixos, parcerias e alinhamentos estratégicos na política externa e hegemonia regionais
  • Os conflitos permanentes no Grande médio Oriente e o pós “primaveras árabes”: os grandes desafios para o futuro da região e a redefinição da democratização pelas dinâmicas não estatais e transnacionalização das ameaças.

O Departamento de Relações Internacionais da Universidade Autónoma de Lisboa (UAL) e o Instituto da Defesa Nacional (IDN) promovem, em parceria, o Curso Avançado de Estudos sobre a AMÉRICA LATINA.

Reunindo um reputado grupo de especialistas, este curso tem por OBJETIVOS:

  • Conhecer e compreender as especificidades da América Latina: Evolução histórica, fronteiras regionais, Estados e subsistemas
  • Estudar o Sistema Interamericano: conceito; origens; processo de institucionalização
  • Estudar e compreender os processos de integração regionais
  • Identificar, estudar e compreender os focos de conflitualidade na região, os diferendos entre estados, e a criminalidade
  • Promover a análise profunda das Relações Internacionais da América Latina, com destaque para as Relações América Latina – EUA, América Latina – União Europeia, América Latina – China, e América Latina – Portugal.

PROFESSORA RESPONSÁVEL: Professora Doutora Nancy Gomes

PROFESSORES CONVIDADOS

Andrés Malamud (ICS/UL)
Filipe Vasconcelos Romão (UAL)
Frigdiano Álvaro Durántez Prados (Instituto de Estudios Panibéricos)
João Alberto de Araújo Lampert (Centro de Comunicação Social da Marinha do Brasil)
José Freire Nogueira (IDN)
Paulo Speller (Univ. Federal Mato Grosso)
Ricardo Alexandre (ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa/Rádio Notícias TSF)
Roberta Stumpf (CHAM/UNL)
Outros a confirmar

CALENDÁRIO: 17 de Abril a 10 de Julho de 2020

DURAÇÃO: 50 horas / 6 ECTS

HORÁRIO: 6ª Feiras das 18h30 às 22h00

PLANO CURRICULAR

  • O Continente Americano. A época pré-colombiana. O impacto europeu. Potências Ibéricas Vs Potências “Novas”.
  • A Região Latino-Americana. As fronteiras regionais e os estados regionais. Os vários subsistemas.
  • Evolução histórica e política do sistema regional Latino-Americano. De colónias a estados independentes. O domínio Europeu. A hegemonia dos EUA. O aparecimento de novos atores extra-regionais. O pluralismo e a “autonomia política”, que caracterizam atualmente a região.
  • O Sistema Interamericano. Conceito. Origens. Processo de institucionalização: avanços e recuos.
  • Os processos de integração regionais. A CEPAL como opção contrária ao pan-americanismo. A alternativa hemisférica da ALCA. Do Mercosul comercial à UNASUL política. A proposta ideológica ALBA. A CELAC e o sonho de Bolívar. A Aliança para o Pacífico e o pragmatismo necessário. O Fórum para o Progresso da América do Sul (Prosul).
  • Principais zonas de conflitualidade na região. O problema da definição e controlo das fronteiras. O problema do narcotráfico e tráfico de armas. A questão armamentista. O fenómeno das Migrações.
  • Relações Internacionais da América Latina no século XXI. A América Latina e os EUA. A América Latina e a União Europeia. A América Latina e a China, América Latina e Portugal.

CONFERÊNCIAS TEMÁTICAS

8 de Maio – 18:30

Evolução histórica e política do sistema regional Latino-Americano: De colónias a estados independentes. O domínio Europeu
Roberta Stumpf, CHAM – Centro de Humanidades/UNL

8 de Maio – 20:30

A Geopolítica — Poder e Geografia na América Latina. As intervenções externas. A conflitualidade interna e externa
José Freire Nogueira, Instituto Superior de Ciências da Informação e Administração

15 de Maio – 18:30

Democracia e autoritarismo na América Latina
Andrés Malamud, Instituto de Ciências Sociais/UL

15 de Maio – 20:30

Relações Internacionais da América Latina no século XXI: A América Latina e os EUA
Ricardo Alexandre, ISCTE – Instituto Universitário de Lisboa/Rádio Notícias TSF

22 de Maio – 18:30

Relações Internacionais da América Latina no século XXI: A Marinha do Brasil e a centralidade do Atlântico Sul
João Alberto de Araujo Lampert, Centro de Comunicação Social da Marinha do Brasil

29 de Maio – 18:30

A América Latina e a União Europeia
Filipe Vasconcelos Romão, Universidade Autónoma de Lisboa

5 de Junho – 18:30

Ibero-américa, conceituação geopolítica e estratégia
Paulo Speller, Universidade Federal de Mato Grosso

5 de Junho – 20:30

Ibero-América, um espaço de concertação e cooperação em processo de reformulação
Frigdiano Álvaro Durántez Prados, Instituto de Estudios Panibéricos


4
4 de 5
6 classificações

Classificação detalhada

Estrelas 5
3
Estrelas 4
0
Estrelas 3
3
Estrelas 2
0
Estrelas 1
0

{{ review.user }}

{{ review.time }}
 

Mostrar mais
Por favor, iniciar sessão para deixar uma revisão
Próxima edição
Abril a Julho 2020
Duração
50 horas (cada curso)
ECTS
6
Pós-Laboral das 18h30 às 22h00
Condições de pagamento
Documentação necessária
Parceiros

Ual

Idn

Este site faz utilização de cookies de forma a garantir uma melhor experiência de navegação e recolha de dados estatísticos de tráfego. Ao continuar neste website estará autorizar a sua utilização.