Curso

Pós-Graduação
Coordenador

(4ª edição) 2018 | 2019

Coordenação de Segurança de Recintos Desportivos

Coordenação de Segurança de Recintos Desportivos

Com a publicação da Lei n.º 52/2013, de 25 de Julho, que alterou a Lei n.º 39/2009, de 30 de Julho, sobre o regime jurídico do combate à violência, ao racismo, à xenofobia e à intolerância nos espetáculos desportivos, de forma a possibilitar a realização dos mesmos com segurança, resultou para o promotor do espetáculo desportivo, quando integrado nas competições desportivas de natureza profissional ou não profissional se considerado de risco elevado, sejam nacionais ou internacionais, designar um coordenador de segurança.

O incumprimento desta obrigação pode implicar, para o promotor do espetáculo desportivo, enquanto a situação se mantiver, a realização de espetáculos desportivos à porta fechada. Para os restantes espetáculos desportivos o promotor terá de designar um ponto de contacto.

O coordenador de segurança é o responsável operacional pela segurança privada no recinto desportivo e anéis de segurança para, em cooperação com as forças de segurança, os serviços de emergência médica, a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) e os bombeiros, bem como com o organizador da competição desportiva, chefiar e coordenar a atividade dos assistentes de recinto desportivo e voluntários, caso existam, bem como zelar pela segurança no decorrer do espetáculo desportivo.

Para o efeito terá de possuir os requisitos a que se refere o n.º 6 do artigo 20.º da Lei n.º 34/2013, de 16 de maio, incluindo a formação prevista na Portaria n.º 324/2013, de 31 de Outubro.

OBJETIVOS

Aquisição de conhecimentos que permitam aos alunos coordenar a atividade dos assistentes de recinto desportivo em cooperação com outros agentes zelando pelo normal decurso do espectáculo.

DESTINATÁRIOS

Todos aqueles que exercem ou que pretendem vir a exercer atividade nas áreas da segurança privada e/ou do desporto, ou com estas relacionadas, com especial relevância para o desempenho da função de coordenador de segurança ou de ponto de contacto.

 

Módulos:

1 – Regime jurídico do combate à violência, à xenofobia e à intolerância nos espetáculos desportivos. Convenções internacionais e europeias – 15h – 3 ECTS

2 – Regime jurídico de exercício da atividade de segurança privada, forças de segurança e policiamento desportivo, proteção civil e emergência médica – 10h – 2 ECTS

3 – O coordenador de segurança, história de incidentes e suas consequências – 10h – 2 ECTS

4 – Organização de espetáculos desportivos – 10h – 2 ECTS

5 – Manutenção de um ambiente seguro – 15h – 3 ECTS

6 – Gestão de incidentes (inclui os cursos de Primeiros Socorros e SBV/DAE) – 38h – 8 ECTS

7 – Avaliação dinâmica de riscos e gestão de multidões – 10h – 2 ECTS

8 – Planeamento de emergência e de operações de segurança – 25h – 8 ECTS

Prova de avaliação final – 2h

Competências adquiridas:

No final da Pós-graduação, o aluno ficará apto a aceder ao exercício da função de Coordenador de Segurança de Recintos Desportivos, competindo-lhe o desenvolvimento das seguintes atividades: coordenar a atividade dos assistentes de recinto desportivo e voluntários; cooperar com o organizador da competição desportiva, com a força de segurança, com a autoridade nacional de proteção civil e com as entidades de saúde; gerir os recursos destinados e necessários a possibilitar a realização dos eventos desportivos com segurança.

Coordenação: Ludovico Jara Franco, Coronel do Exército, Mestre em Ciências-Militares e Licenciado em Gestão de Recursos Humanos e Psicologia do Trabalho, Pós-Graduado em Assessoria de Comunicação e em Gestão e Direção de Segurança, Presidente da Associação de Diretores de Segurança de Portugal, professor da Pós-Graduação em Gestão e Direção de Segurança da UAL.

Corpo docente:

Tenente-coronel Francisco Oliveira (ADSP),

Coronel Jara Franco (ADSP),

José Meneses (DS),

Comissário João Pestana (PSP),

Superintendente João Ribeiro (PSP),

Tenente-coronel Mário Pinto da Silva (AM),

Subintendente Mónica Rodrigues (PSP),

Subintendente Pedro Pinho (PSP),

Comissário Rodrigo Cavaleiro (PSP),

Mestre Rui Pereira (SLB).

Com a publicação da Lei n.º 52/2013, de 25 de Julho, que alterou a Lei n.º 39/2009, de 30 de Julho, sobre o regime jurídico do combate à violência, ao racismo, à xenofobia e à intolerância nos espetáculos desportivos, de forma a possibilitar a realização dos mesmos com segurança, resultou para o promotor do espetáculo desportivo, quando integrado nas competições desportivas de natureza profissional ou não profissional se considerado de risco elevado, sejam nacionais ou internacionais, designar um coordenador de segurança.

O incumprimento desta obrigação pode implicar, para o promotor do espetáculo desportivo, enquanto a situação se mantiver, a realização de espetáculos desportivos à porta fechada. Para os restantes espetáculos desportivos o promotor terá de designar um ponto de contacto.

O coordenador de segurança é o responsável operacional pela segurança privada no recinto desportivo e anéis de segurança para, em cooperação com as forças de segurança, os serviços de emergência médica, a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) e os bombeiros, bem como com o organizador da competição desportiva, chefiar e coordenar a atividade dos assistentes de recinto desportivo e voluntários, caso existam, bem como zelar pela segurança no decorrer do espetáculo desportivo.

Para o efeito terá de possuir os requisitos a que se refere o n.º 6 do artigo 20.º da Lei n.º 34/2013, de 16 de maio, incluindo a formação prevista na Portaria n.º 324/2013, de 31 de Outubro.

OBJETIVOS

Aquisição de conhecimentos que permitam aos alunos coordenar a atividade dos assistentes de recinto desportivo em cooperação com outros agentes zelando pelo normal decurso do espectáculo.

DESTINATÁRIOS

Todos aqueles que exercem ou que pretendem vir a exercer atividade nas áreas da segurança privada e/ou do desporto, ou com estas relacionadas, com especial relevância para o desempenho da função de coordenador de segurança ou de ponto de contacto.

 

Módulos:

1 – Regime jurídico do combate à violência, à xenofobia e à intolerância nos espetáculos desportivos. Convenções internacionais e europeias – 15h – 3 ECTS

2 – Regime jurídico de exercício da atividade de segurança privada, forças de segurança e policiamento desportivo, proteção civil e emergência médica – 10h – 2 ECTS

3 – O coordenador de segurança, história de incidentes e suas consequências – 10h – 2 ECTS

4 – Organização de espetáculos desportivos – 10h – 2 ECTS

5 – Manutenção de um ambiente seguro – 15h – 3 ECTS

6 – Gestão de incidentes (inclui os cursos de Primeiros Socorros e SBV/DAE) – 38h – 8 ECTS

7 – Avaliação dinâmica de riscos e gestão de multidões – 10h – 2 ECTS

8 – Planeamento de emergência e de operações de segurança – 25h – 8 ECTS

Prova de avaliação final – 2h

Competências adquiridas:

No final da Pós-graduação, o aluno ficará apto a aceder ao exercício da função de Coordenador de Segurança de Recintos Desportivos, competindo-lhe o desenvolvimento das seguintes atividades: coordenar a atividade dos assistentes de recinto desportivo e voluntários; cooperar com o organizador da competição desportiva, com a força de segurança, com a autoridade nacional de proteção civil e com as entidades de saúde; gerir os recursos destinados e necessários a possibilitar a realização dos eventos desportivos com segurança.

Coordenação: Ludovico Jara Franco, Coronel do Exército, Mestre em Ciências-Militares e Licenciado em Gestão de Recursos Humanos e Psicologia do Trabalho, Pós-Graduado em Assessoria de Comunicação e em Gestão e Direção de Segurança, Presidente da Associação de Diretores de Segurança de Portugal, professor da Pós-Graduação em Gestão e Direção de Segurança da UAL.

Corpo docente:

Tenente-coronel Francisco Oliveira (ADSP),

Coronel Jara Franco (ADSP),

José Meneses (DS),

Comissário João Pestana (PSP),

Superintendente João Ribeiro (PSP),

Tenente-coronel Mário Pinto da Silva (AM),

Subintendente Mónica Rodrigues (PSP),

Subintendente Pedro Pinho (PSP),

Comissário Rodrigo Cavaleiro (PSP),

Mestre Rui Pereira (SLB).

MenuLeft Menu Icon